Livros que indicamos

   Estes são os livros que considero essenciais para alguém que queira começar a estudar o conservadorismo e a política em geral, tendo em vista que para ser um conservador intelectual não basta a leitura de livros conservadores, mas também de liberais, comunistas, anarquistas enfim, conhecer uma vasta lista de livros de todas a áreas se faz necessário.

   Porém este post, se destina a colocar em evidências livros que traz para nosso pensamento conservador o que há de essencial no mercado brasileiro, mas como dito anteriormente nem todos autores são declaradamente conservadores, porém, suas obras são de importância impar para se conhecer mais e melhor o conservadorismo e a política.

   Obs. Não necessariamente a sequência faz sentido, no que se refere a qualidade ou a sequência que deve ser lido os livros.

  1. Russel Kirk: A política da prudência
  2. Edmund Burke: Reflexões sobre a revolução na França
  3. Eric Voegelin: História das ideias políticas (Vol 1,2 e 3)
  4. João Pereira Coutinho: As ideias conservadoras
  5. Arthur Herman: A ideia de decadência na história ocidental
  6. Aristóteles: Política
  7. Platão: Banquete
  8. Joseph Ratzinger: Fé verdade e tolerância
  9. Mario Ferreira dos Santos: Invasão vertical dos bárbaros
  10. Ortega Y Gasset: Rebelião das massas
  11. Isaiah Berlin: Ideias políticas na era romântica
  12. John Gray: Missa Negra
  13. A- D. Sertilanges: A vida intelectual
  14. Friedrich A. Hayek: O caminho da Servidão
  15. Michel Oakshott: Ser conservador
  16. T. S. Eliot: Notas para definição da cultura
  17. José Monir Nasser: O Trivium
  18. Theodore Dalrymple: Nossa Cultura… ou o que Restou Dela
  19. Theodore Dalrymple: A Vida na Sarjeta – O Círculo Vicioso da Miséria Moral
  20. John Martineau: Quadrivium
  21. Gilberto Freyre: Casa-Grande & Senzala
  22. Olavo de Carvalho: O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota
  23. Ludwig von Misses: A mentalidade anticapitalista
  24. Richard Pipes: Comunismo
  25. Richard Pipes: História concisa da revolução Russa
  26. Isaiah Berlin: Karl Marx
  27. Wilhelm Von Humboldt: Os Limites da Ação do Estado
  28. José Guilherme Merquior: O Liberalismo – Antigo e Moderno
  29. Jimmy Carter: Nossos valores em risco
  30. G. K. Chesterton: Ortodoxia
  31. G. K. Chesterton: Autobiografia
  32. Böhm Bawerk: A teoria da exploração do socialismo-comunismo
  33. Roger Scruton: Pensadores da nova esquerda
  34. Leo Strauss: Direito Natural e a História
  35. Matéi Visneic: A história do comunismo contada aos doentes mentais
  36. Alexis de Tocqueville: A Democracia na América
  37. Adam Smith: Riqueza das nações
  38. Cristopher Dawson: Progresso E Religião
  39. Antonio Paim: Marxismo e descendência
  40. Richard M. Weaver: As Ideias Tem Consequências
  41. Thomas Sowell: Os intelectuais e a sociedade
  42. Juan Claudio Sanahuja: Poder global e religião universal
  43. Michel Henry: A barbárie
  44. Johannes Messner: Ética social
  45. Gertrude Himmelfarb: Os Caminhos Para a Modernidade
  46. Gilberto Freyre: Sociologia
  47. Robert Gellately – Lenin, Stalin e Hitler
  48. Gilberto Freyre: Homens, Engenharias e Rumos Sociais
  49. Thomas Sowell: Conflito de Visões
  50. Mortimer J. Adler e Charles Van Doren: Como ler livros
  51. John Henry Newman: Apologia pro vita sua
  52. Otto Maria Carpeaux: História da literatura ocidental
  53. Mario Ferreira dos Santos: Filosofia concreta
  54. Eric Weil: Hegel e o Estado
  55. Louis Lavelle: A Consciência de Si
  56. Rodrigo Constantino: Prisioneiros da liberdade
  57. Theodore Meyer Greene: Liberalismo: Teoria e Prática
  58. Richard Pipes: Propriedade e liberdade
  59. Marco Antonio Villa: Ditadura a brasileira 1964 – 1985
  60. Paulo Diniz Zamboni: Conspiração de portas abertas
  61. Nicolau Maquiavel: O príncipe
  62. Thomas Hobbes: Leviatã
  63. Jean-Jaques Rousseau: O contrato social
  64. Karl Marx: O capital (Vol 1,2 e 3)
  65. Karl Marx: O manifesto do partido comunista
  66. Frederich Engels: A origem da família da propriedade privada e dos Estado
  67. W. F. Hegel: Sobre as maneiras científicas de tratar o direito natural
  68. W. F. Hegel: A razão na história
  69. George Orwell: A revolução dos bichos
  70. Adam Smith: A mão invisível

   Estas são minhas 70 indicações de literaturas necessárias para o estudo do conservadorismo, lembrando que se em sua opinião faltou algum livro, deixe o nome do livro e o autor nos comentários.

Por: Pedro Henrique

3 comentários

  1. Excelente lista. Mas sugiro incluir “As vantagens do Pessimismo” – Roger Scruton; “O Que é Conservadorismo” – Roger Scruton; “A vida Intelectual” A. -D. Sertillanges; “Como Pensar sobre as Grandes Ideias” Mortimer Adler; “O Trivium” Irmã Miriam Joseph; e ” O Jardim das Aflições” – Olavo de Carvalho

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s